CANAL 1


Críticas a Marquezine não afetam audiência de "Deus Salve o Rei"




Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

Mesmo com Bruna Marquezine no "olho do furacão", bombardeada pelo seu oscilante desempenho, nada disso tem alterado a audiência de "Deus salve o rei". De acordo com o Ibope, os números da novela continuam bem favoráveis, sempre dentro dos parâmetros do horário e não apenas em São Paulo e Rio de Janeiro. Há uma acolhida interessante de forma geral. Ou seja, a novela não é -- e nunca foi -- refém da interpretação de somente uma pessoa. Marquezine, portanto, é só mais uma "peça" de uma grande engrenagem. É, sim, resultado de um conjunto de valores. E quanto ao caso específico da Bruna, está existindo um trabalho para o reposicionamento da personagem.


 - DIVULGAÇÃO - DIVULGAÇÃO


Ranking

A propósito de "Deus salve o rei", a novela apareceu em segundo lugar na Social Wit List América Latina, em janeiro, com 85.965 comentários no twitter, atrás apenas do reality argentino "MTV Diary: Lali". O Wit rastreia a repercussão na rede social e tem ainda uma Versão Mundo, na qual "A força do querer" surpreendeu, ao se posicionar em segundo lugar.
Profissional


 - DIVULGAÇÃO - DIVULGAÇÃO


Grazi Massafera está tendo um comportamento pra lá de exemplar em "O outro lado do paraíso". Aliás, nenhuma novidade em se tratando dela. Mesmo com uma personagem bem limitada, ela tem sempre procurado jogar junto com a equipe o tempo todo. Agora, sua personagem Lívia vai tentar abrir os olhos de Clara (Bianca Bin) em relação às investidas de Renato (Rafael Cardoso). Dirá que ele pensa apenas nas esmeraldas. Isso vai jogar areia no casamento dos dois aos 45 do segundo tempo e fazer Clara se envolver com Patrick (Thiago Fragoso).

Pausa

Por causa da transmissão de Chelsea x Barcelona, nesta próxima terça, a Globo não exibirá capítulo de "Malhação -- Viva a diferença". O jogo vai começar às 16h45. A presença da Globo na Liga dos Campeões está se intensificando cada vez mais.

Esconde-esconde

Como o ano promete muita rivalidade, as equipes de produção de Danilo Gentili, Fabio Porchat e Pedro Bial estão trabalhando a todo vapor na lista de atrações, para a volta dos programas inéditos no SBT, Record e Globo, respectivamente. Ninguém abrindo o jogo pra ninguém.

Organização

Apesar das muitas viagens seguidas ao Nordeste, o elenco de "Onde nascem os fortes", da Globo, aprova a proposta desta nova supersérie, que terá 70% da sua captação em externa. E muito dessa unanimidade se deve ao trabalho organizado pela equipe do diretor José Luiz Villamarim. Até aqui, nada saiu do controle.

Questionamento

Tem muita gente na Globo colocando em questão a presença de Marina Ruy Barbosa na próxima novela de Aguinaldo Silva, "O sétimo guardião", com estreia em 12 de novembro, porque os prazos serão muito apertados. Marina, uma das protagonistas de "Deus salve o rei", não vê problema nenhum em emendar trabalhos. Só que a decisão final será do alto comando da teledramaturgia.

Comprometimento

Essa disposição da Marina remete a alguns casos ocorridos com Letícia Spiller. Pelo menos em duas oportunidades, nos últimos tempos, ela se comprometeu com equipes e não fugiu da raia. Descansou uma semana, e já estava pronta para outra. Um exemplo sempre lembrado: praticamente saiu do estúdio de "Sol nascente" e entrou no de "Os dias eram assim".

Levou a melhor

João Emanuel Carneiro, autor da próxima novela das nove da Globo, "Segundo sol", havia manifestado o desejo de contar com Flávia Alessandra. Porém, nessa disputa, Aguinaldo Silva levou a melhor. Flávia estará no elenco de "O sétimo guardião".

"Se eu fechar os olhos agora"

Globo registrou a marca "Se eu fechar os olhos agora" para título de uma série escrita por Ricardo Linhares, já em gravação. Tudo devidamente combinado com o titular da obra na qual a série é baseada, o jornalista Edney Silvestre.


Será que não é hora de reexaminar a duração dos desfiles das escolas?




Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

Como espetáculo de televisão, para acompanhar em casa, mesmo que reconhecidos os esforços das emissoras e profissionais encarregados da sua transmissão, os desfiles das escolas de samba, a cada ano, se transformam em uma atração ainda mais monótona e desinteressante. De nada tem adiantado avançar nos detalhes, especialmente técnicos, e nem mesmo reconhecer o empenho de narradores e repórteres em buscar diferenças, porque não tem como não se repetir ao longo de um curso dos 75 minutos destinado a cada agremiação. Em se tratando da TV atual, da velocidade e dinamismo que ela passou a exigir, metade desse tempo já seria exagerado. Algo que, pela frente e interesses envolvidos, terá que sofrer alterações. Ou na duração ou na sua cobertura. E muito pior e mais sonolentos que os desfiles no Rio e São Paulo, está sendo a mesmice que SBT e Band tem repetido de Salvador. Uma pobreza que deu pena. E atrações, neste ano, limitadas a Claudia Leitte, Harmonia do Samba e Bel Marques. Foi de doer ou de pagar pecado.

No particular


Interessante verificar, e toda imprensa tem comprovado mais de perto, que o agito ou atrações fora das pistas de desfiles sempre são muito maiores. Na Bahia, por exemplo, além do nascimento das gêmeas da Ivete Sangalo, foram bem concorridas as apresentações nos camarotes de Wesley Safadão e a dupla Simone e Simaria.


 - DIVULGAÇÃO - DIVULGAÇÃO

Família de artistas
Bruna Pinheiro é mais uma artista na família com curso de arte dramática concluído. Neta da Helô e sobrinha da Ticiane. A sua presença em trabalhos na TV já começa a ser batalhada.

Festejo

Nos interiores da Bandeirantes, os resultados da transmissão Real Madrid e PSG, entre o final de tarde e começo de noite da quarta-feira, foram bastante comemorados. Pela primeira vez, em se tratando da Liga dos Campeões e numa divisão de jogo com a Globo, 25 pontos, a Band chegou a 9 na média consolidada na Grande São Paulo.

Queimou a língua

Galvão Bueno, narrando pouco, mas comentando muito na transmissão de Real Madrid e PSG, encheu a bola do treinador do time francês, inclusive aprovando as suas substituições. E assim foi até a virada de jogo. No fim, deu no que deu: 1 a 3, com o time espanhol sobrando em campo.

O que acontece?

Não é de hoje que existem problemas de áudio em cenas de "O outro lado do paraíso". Diferenças observadas entre o que é feito no estúdio e fora dele, bem perceptíveis no corte de uma para outra. Todos sabemos o cuidado que existe na sonorização, mas alguma coisa diferente está acontecendo. E tem que ser corrigida.

Concessionário

Robério de Ogum assinou com a Band, compra de horário, para apresentação de um programa de entrevistas nas manhãs de sábado, com início às 9h30. Carlos Alberto de Nóbrega, Rita Cadillac e Renata Banhara serão os primeiros entrevistados, para falar sobre carreira e espiritualidade. Estreia amanhã.

Disputada

Como é a vida... Gretchen já gastou muita sola de sapato tentando ser lembrada na TV. Hoje existem vários programas disputando sua presença. Os convites, de uns tempos para cá, passaram a sobrar, permitindo a ela se dar ao luxo de escolher.

De volta

Fernanda Rodrigues vai retomar a personagem Fabiana em "O outro lado do paraíso". Agora, como aliada de Renato (Rafael Cardoso) para destruir Clara (Bianca Bin).

Substituição

Marcos Veras já tem um acordo com a Globo para voltar ao "Vídeo show", na ausência do titular Otaviano Costa. Novas participações suas irão acontecer ainda no decorrer deste mês.


 - REDE TV! / DIVULGAÇÃO - REDE TV! / DIVULGAÇÃO

Entrevista 
A modelo Isabeli Fontana será a convidada do "Luciana by night", da Luciana Gimenez, na Rede TV!, na próxima terça-feira. No programa, uma conversa sobre início de carreira da modelo aos 12 anos, vantagens e desvantagens da profissão e o casamento com o músico Di Ferrero.


O tempo levou o jornalismo a se tornar o grande negócio da TV




Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

Na televisão lá do começo, as emissoras tinham porque considerar o jornalismo um "brinquedo caro". Os poucos equipamentos, além de pesados, tinham custo muito elevado e sempre acabavam por desestimular toda e qualquer iniciativa. O corte, na edição, para se ter uma ideia, era na base da lâmina de barbear. Cenário que hoje é completamente outro, a ponto de levar o telejornalismo a se igualar e, em alguns casos, até superar as novelas em volume de produção e ocupação de espaços. Quem diria que, um dia, o SBT chegaria a disponibilizar oito horas diretas à informação, como já de uns tempos acontece? Ou a Record passaria a destinar mais de dois terços da sua grade à programação noticiosa? E que a Globo, ao volume que já existia, viria lançar um jornal às cinco da manhã, caso do "Hora um"? Isto sem contar Band, respeitada por sua tradição, e a Rede TV! com sua linha de telejornais, como corpo estranho em qualidade e apresentação de trabalho, muitos pontos acima aos demais produtos da casa. O jornalismo, com o correr dos tempos, veio a se tornar o grande negócio das TVs. Se, por um lado, é o que mais emprega, também é aquele que maior volume de dinheiro coloca no caixa de cada uma.


 - BAND / DIVULGAÇÃO - BAND / DIVULGAÇÃO

Debate sobre assédio

Amaury Junior promove em seu programa deste sábado na Bandeirantes um debate sobre assédio sexual, com as participações de Aline Mineiro, Sarah Sheeva e Fúlvio Stefanini. Haverá ainda entrevistas com Latino, João Doria e um musical com Kell Smith. Amaury também vai destacar tudo o que rolou no badalado baile de Carnaval do Copacabana Palace.

Olha que louco


O novo reality da Fernanda Paes Leme, no GNT, estava para ganhar o título de "Triplex", considerado ideal por se tratar de uma competição entre arquitetos, com a obrigação de decorar casas-contêineres. Como o nome poderia levar as pessoas a imaginar outra coisa, já houve a decisão de procurar um outro. A produção é da Boutique Filmes.

Programa da Cátia

A Bandeirantes trabalha com a data de 1º de março, uma quinta-feira, para a estreia do "Melhor da tarde -- com Cátia Fonseca". O programa já está com a sua produção, equipe de estúdio e externa fechadas.

Mudou o dia

O Troféu Imprensa não será mais no começo de maio, como estava marcado. A sua gravação foi antecipada para o dia 27 deste mês, para exibição no domingo, 4 de março.

Assuntos diferentes

A saída de Willian Corrêa da direção de jornalismo da TV Cultura e da apresentação do "Jornal da Cultura", definida oficialmente ontem, não tem qualquer relação com o caso ou continuidade do Augusto Nunes no "Roda viva". São assuntos completamente distintos. O Willian resolveu sair e o Augusto querem sair com ele.

Uma...

Em curso nos Estúdios Globo, a produção da série "Assédio", inspirada no livro "A clínica -- a farsa e os crimes de Roger Abdelmassih", de Vicente Vilardaga. Irá ao ar no novo serviço de streaming do Grupo Globo.

... E outra

O SBT, associado a uma produtora, espera somente a liberação da Ancine, para dar início aos trabalhos de um seriado sobre o mesmo tema, só que a partir de "Bem-vindo ao inferno", escrito por Claudio Tognoli, lançamento da Matrix.

Reforço

Roberto Bomtempo, ator e diretor, foi convocado para "Apocalipse", da Record. Foi chamado para fazer o profeta Elias e deve seguir até o fim da novela, em junho.

Agenda cheia

Milena Toscano tem recusado convites para promover a novela "O Rico e Lázaro", da Record, em outros países. As gravações de "Poliana", substituta de "Carinha de anjo", no SBT, pegaram embalo e não estão permitindo sua ausência. Aliás, ontem, quarta de cinzas, teve gravação.

Reaproveitamento

Em tempos como os de hoje, em todo lugar, a ordem é buscar alternativas para baratear custos. Na Record, por exemplo, já está decidido que os cenários do extinto "SP Record", da Carla Cecato, vão ser reaproveitados na montagem do "novo" "Domingo show". Entenda-se: Geraldo Luis utilizará a estrutura para fazer as "cabeças" do programa. Ele deixa o teatro com plateia e vai para um puxadinho da redação. Já estava prevista para ontem a gravação de um piloto.


Previsão do tempo na televisão não aceita mais "robôs"




Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

Foi-se o tempo em que a previsão do tempo era considerada algo perto do enfadonho, robotizada, como coluna dos telejornais. Isso mudou a partir do instante em que passou a existir uma preocupação, isto na televisão daqui e de lá de fora, em transformar o serviço em algo interessante para quem está em casa.

O que antes estava limitado ao dedinho apontado para um mapa desbotado, veio a se transformar em uma atração, muito bem trabalhada graficamente e apresentada por jornalistas especialmente preparadas para a função.

Uma participação, não mais engessada, mas acompanhada de várias outras informações, pequenas reportagens e até certa descontração na participação com os âncoras.
Um avanço que também por aí foi importante e deve ser destacado, na maioria dos casos feito na medida, com elegância e sem excessos, na altura daquilo que o telespectador, até com expectativa, quer receber em casa.

Operação de guerra (1)

A Record está montando uma megaoperação para divulgar o filme "Nada a perder", sobre a vida do Edir Macedo, com lançamento em 29 de março. O jornalismo já está escalado e terá que produzir uma série especial para o "Jornal da Record" e "Domingo espetacular".

Operação de guerra (2)

E também como ordem serão colocados no ar 16 vetês diários até o dia lançamento. Além de uma equipe que será enviada ao exterior para colher depoimentos de atores famosos, que já interpretaram personalidades marcantes em filmes biográficos. O mesmo será feito no Brasil.

Na casa

Ao encontro do que a coluna havia antecipado, Celso Tavares está de volta à Bandeirantes. E passa a trabalhar diretamente com Guillermo Pendino nos assuntos da produção e programação. É do ramo.

Acertando

O desejo da direção da Band é estrear o "Superpoderosas" em março, como parte da sua nova programação. Se tudo der certo, o anúncio do seu lançamento acontecerá durante o almoço que a emissora planeja oferecer ao mercado e imprensa no fim deste mês.

Porém...

Pelo que se apurou no piloto gravado, ainda serão necessários esforços e investimentos para colocar o programa de pé. O formato é interessante, funciona na internet, mas precisa ser transformado em programa de televisão.

Fora dessa

Cauã Reymond vai atrasar um pouco mais sua volta às novelas da Globo. Cotado para protagonizar "O sétimo guardião", de Aguinaldo Silva, já se trabalha com a certeza que não será possível contar com ele.

Por que não?

A participação do Cauã na novela do Aguinaldo não será possível porque ele ainda está envolvido com a série "Ilha de ferro" e não se tem uma data de até quando continuará a serviço dela. As gravações da primeira temporada continuam no Rio e já se trabalha com a certeza de uma segunda.

Smash

O BandSports tem se especializado em apresentar algumas das mais importantes competições do tênis, masculino e feminino, em todo o mundo. Durante toda essa semana, desde segunda-feira, está em cartaz o ATP 500, direto de Roterdã. Se chegar ao título deste torneio, Roger Federer poderá vir a se tornar novamente o número 1 do mundo.

Retomada


Com tudo devidamente esclarecido na Ancine, a produtora OSS, do empresário Níbio Salatino, retomou os trabalhos da série "Mamonas Assassinas". O projeto será realizado em coprodução com a Total Filmes, e inclui também um longa-metragem. Sobre o assunto, a Record, consultada, não tem nada a declarar.


Duas situações de "O Outro Lado do Paraíso" que não podem ser esquecidas




Sobre "O Outro Lado do Paraíso", em cartaz, duas observações, uma para não passar batido e outra para fazer necessária justiça ou se dar o devido reconhecimento.


Atriz Erika Januza protagonizou a cena do atropelamento - DIVULGAÇÃO / GLOBO Atriz Erika Januza protagonizou a cena do atropelamento - DIVULGAÇÃO / GLOBO


A cena do atropelamento da juíza Raquel (Erika Januza), exibida já há uns 10 ou 20 capítulos, deve ser colocada entre um dos trabalhos técnicos e artísticos mais perfeitos apresentados nas novelas em todos os tempos. Fugiu a tudo que sempre se fez ou daquilo que, ao longo dos tempos, nos levaram a entender como paradigma - tudo muito rápido, fechado e disfarçado. Desta vez não. Existiu a opção de trabalhar em plano aberto, com cortes de imagem e edição tão perfeitos, que levaram o telespectador se surpreender e se assustar com aquilo.

Outro detalhe, e sem sair da mesma novela, é se perceber como alguns atores, mesmo escalados em papéis secundários sabem muito bem se aproveitar da oportunidade oferecida. Em "O Outro Lado do Paraíso" os exemplos são fartos. Aqui mesmo foi destacado o trabalho da Fernanda Nizatto, da Mayana Neiva, entre tantos outros, mas sem se esquecer da Priscila Assum, sob risco de cometer injustiça. Ela é a quenga Desirée, que passa por moça inocente em cenas sempre interessantes com Juvenal, vivido pelo também excelente Anderson Di Rizzi. Alguns exemplos entre os muitos desta e de outras novelas.

Reformulação



 - DIVULGAÇÃO - DIVULGAÇÃO


Com direção de Pola Galé, o programa "Fique Ligado", apresentado por Ana Luisa Médice e Gustavo Minari (foto) na TV Brasil, terá novos cenários, horário e formato, além de mais tempo no ar, a partir do dia 19. Deixa a faixa da tarde e vai para as 20h30, e amplia cobertura de temas relacionados à cultura, entretenimento e tecnologia.
Estreia amanhã
A TV Aparecida inicia amanhã, 7 da noite, a exibição da novela "O Direito de Nascer". É a versão que foi produzida pelo SBT em 1997, mas só levada ao ar em 2011, com Guilhermina Guinle, João Vitti, Luiz Guilherme, Neco Villa Lobos, Fernando Eiras, Jorge Pontual, Dhu Moraes, Cynthia Benini e Elaine Cristina. Direção do Roberto Talma.

Samba do crioulo doido

Fazer televisão, na Rede TV!, é para os fortes. Desafio para poucos. Conhecida a nova programação que vem aí, depois de uma madrugada e começo da manhã, dominada por religiosos e espanta demônios, "Pokemon" e João Kleber terão a missão de tirar a audiência do zero.

Notícia de lado

A nova grade da Rede TV! também insistirá em não contemplar o jornalismo. Do "Leitura Dinâmica", à meia-noite, às 19 horas do dia seguinte, nenhum jornal no meio. Pior que isso, só os domingos, como se o mundo só funcionasse de segunda a sábado.

Arrebatamento

Dentro da própria Record e mesmo entre componentes da sua direção, seguidores da Igreja Universal, existem críticas sérias à pregação religiosa colocada em prática na novela "Apocalipse". E o mais lamentável: a chance de qualquer mudança, agora ou em tempos futuros, do jeito que vai, é nenhuma. Fanatismo exacerbado dá nisso.

Duas pontas

A Record fez uma reunião para apresentar os resultados de uma pesquisa, com respostas do público, espontâneas, sobre quais produtos dela eram mais identificados e lembrados. Deu "Dez Mandamentos" e "Cidade Alerta". Daí a ideia de se lançar em março, jornal com mesmo perfil do "CA" e com apresentador, Bruno Peruca, que a exemplo do Luiz Bacci, é afilhado do Marcelo Rezende.

Disparado

Aguinaldo Silva acelera em Portugal os capítulos de "O Sétimo Guardião". É bem provável que até a estreia, em novembro, ele já tenha um total de 80 escritos.

Ruim de serviço

Muitas TVs têm procurado se valer das ações de merchandising, em quase todos os seus programas, para compensar o vazio dos seus intervalos. Nada mais justo. Chama atenção, no entanto, o pouco caso e a falta de cuidado nenhum na apresentação desses trabalhos. E o mais lamentável, é que, a cada dia, conseguem a proeza de ser ainda piores.

Mercado aquecido

Se existe alguém que hoje não pode se queixar da vida ou de falta de serviço é aquele que trabalha com dublagem. O mercado nunca esteve tão aquecido, com volume de encomendas bem acima do normal. Demanda muito forte, em se tratando do material de novelas, filmes e séries.

Resultado

Como acontece em todos os anos, na tarde desta terça-feira a Globo vai transmitir a apuração dos desfiles das escolas de samba de São Paulo, direto do Anhembi. Um trabalho que sempre chama atenção pelos inúmeros interesses em jogo.