PRESENÇA


Ferrugem e Thiaguinho se apresentam juntos em Sorocaba




A nova sensação do samba, Ferrugem, se apresenta junto com o já consagrado Thiaguinho no dia 5 de outubro, no Recreativo Campestre. Esta será a primeira vez que Jheison Failde de Souza -- nome de batismo do sambista -- se apresenta na cidade. O carioca do bairro Campo Grande sobe ao palco para fazer o show "Prazer, Eu Sou Ferrugem", que dá nome ao primeiro DVD do artista, recém lançado no mercado brasileiro. Thiaguinho também irá apresentar os grandes sucessos da carreira, além dos principais hits do pagode brasileiro numa amostra do projeto "Tardezinha", que vem percorrendo com sucesso várias cidades do país.

Os ingressos para as apresentações já estão à venda, custam a partir de R$ 30 (meia-entrada) e podem ser adquiridos no site www.seuingresso.net.br ou em pontos de venda espalhados pela cidade.


Rouge Tour 15 anos




Elas dividiram os palcos do Brasil inteiro durante quase quatro anos, trazendo o conceito das famosas "girlbands" para o País. E, após 12 anos fora do cenário artístico brasileiro, o grupo Rouge, conhecido nacionalmente pelo sucesso "Ragatanga", voltou a se apresentar e encerrou sua turnê paulista em Sorocaba, no último dia 4 de agosto, sábado, no Recreativo Campestre.

Formado por Fanthine Tho, Li Martins, Luciana Andrade, Karin Hils e Aline Wirley, o grupo ficou nacionalmente conhecido após ser formado no reality show "Popstars", exibido pelo SBT em 2002. Depois da separação, em 2005, as meninas voltaram aos palcos em 2017 com o projeto "Chá Rouge". "Foi muito emocionante o retorno, principalmente pelo contato com os fãs, porque a gente teve oportunidade de rever muita gente que acompanhava a nossa carreira no passado", contou Karin Hils, em coletiva antes do show.

Além de "Ragatanga", sucessos como "Brilha la Luna", "Um anjo veio me falar", "Não dá pra resistir" e "Blá blá blá" fizeram parte do repertório, além da nova "Bailando", que se aproxima das dez milhões de visualizações no YouTube. "A turnê de 15 anos contemplou as músicas que o nosso público já está acostumado a ouvir, de forma revisitada, com uma nova roupagem musical para cada uma delas", destacou Karin Hils.

Ainda sem datas para lançamento de novos trabalhos, elas mostram a vontade de continuar juntas com os projetos. O quinteto destacou que, com o passar desses anos, o grupo amadureceu também musicalmente. "A gente está exatamente nessa fase. É uma responsabilidade saber como a gente se posiciona agora. Muito tempo se passou e nós cinco somos mulheres diferentes, com opiniões diversas, que se conecta como Rouge. Nós estamos exatamente nesse momento, produzindo material novo e entendendo como conduzir esse novo momento do Rouge", enfatizou Aline Wirley.


Show da dupla Jorge e Mateus muda de local




O show da dupla Jorge e Mateus, que será realizado no dia 14 de agosto, véspera de feriado, precisou ser transferido de local. Com a mesma formatação, o show agora será realizado no Recreativo Campestre, no Jardim Guadalajara, e não mais no Sallimas Centro de Eventos. O local, que ainda passa por obras, não deve ficar pronto até a data do show. Por conta disso, a documentação necessária para o funcionamento da casa, como alvarás, também sofreu atraso.

A apresentação da turnê "Terra Sem CEP" marca a comemoração do aniversário de Sorocaba, que completa 364 anos no dia 15. Os ingressos para o show podem ser adquiridos no site www.aloingressos.com.br ou em pontos de venda espalhados pela região. Ingressos meia entrada estão disponíveis apenas no site e na bilheteria do Centro Hípico Pagliato, além da bilheteria no dia do evento.


"Hermanoteu na Terra de Godah" em Sorocaba




O espetáculo de comédia "Hermanoteu na Terra de Godah", produzido pela companhia humorística "Os Melhores do Mundo", será apresentado em Sorocaba no dia 2 de setembro, domingo, no Ipanema Clube. Sucesso de bilheteria, a peça mostra o revezamento dos seis atores em dezenas de personagens, que aprimoram uma de suas principais características: improviso sobre fatos da atualidade que aproximam o passado do presente pela comodidade.

No palco, o público vai encontrar entre as perdidas páginas do Antigo Testamento, Hermanoteu, típico hebreu do ano zero -- camarada, bom pastor e obediente --, que recebe uma missão divina: guiar seu povo à Terra de Godah. Num cenário que representa um imenso deserto, o protagonista cumpre uma jornada de humor, encontrando personagens históricos e caricatos, sem qualquer compromisso com cronologia ou religiosidade, apenas com o riso.

Em cena, o elenco da companhia, formado por Adriana Nunes, Adriano Siri, Jovane Nunes, Ricardo Pipo, Vitor Leal e Welder Rodrigues. Já os textos em off de "Deus" foram gravados pelo saudoso comediante Chico Anysio, motivo de orgulho para todo o grupo.

Os ingressos para a apresentação já estão à venda, custam R$ 70 (inteira) ou R$ 35 (para sócios do e pessoas com benefícios da meia entrada) e podem ser adquiridos no Ipanema Clube ou por meio do site www.seuingresso.net.br.


11º Prêmio Sorocaba de Música




O 11º Prêmio Sorocaba de Música - Festival Nacional de MPB Livre reuniu músicos de toda a região e de todo o País no último final de semana, no Teatro Municipal Teotônio Vilela (TMTV). O festival recebeu 568 músicas inscritas, vindas de 13 Estados brasileiros e aconteceu na sexta (3), sábado (4) e domingo (5). A final, que ocorreu no domingo, foi cheia de surpresas. Foi a primeira vez que os três primeiros lugares foram ocupados por canções de compositores da cidade. Foi a primeira vez também que um grupo de rap conquistou o prêmio principal. O primeiro lugar ficou com "Cabeça feita", do grupo sorocabano X4 Hip Hop, seguida de "Se eu nascer de novo", do também sorocabano Matheus Crippa em parceria com o carioca Alexandre Lemos. A terceira colocação ficou com a canção "Zumbi, o rei dos Palmares vive", composta por alunos de Centro Cultural Quilombinho de Sorocaba e o professor Flavinho Batucada.

Promovido pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), com organização da Z-Eventos, o prêmio é conhecido como um dos mais importantes do Brasil e tem como objetivo promover um intercâmbio artístico-cultural, revelar novos talentos e premiar os compositores, incentivando a produção profissional. Apesar do hiato de dois anos, o prêmio mostrou a qualidade do cenário musical da cidade.

Todas as noites, o Festival trouxe uma atração convidada: na primeira noite a dupla sorocabana Benziê, formada pelo casal de Vic Conegero e Du Pessoa, se apresentou; no sábado, foi a vez do cantor e pianista João Leopoldo; e, fechando o evento, um pocketshow do cantor e compositor Dani Black, filho do compositor Arnaldo Black e da cantora Tetê Espíndola.