PRESENÇA


Renan Valentti no The Voice




O cantor sertanejo Renan Valentti está representando Sorocaba no reality show The Voice, da Rede Globo. Durante a Audição às Cegas, primeira etapa do programa, que foi exibida na última quinta-feira, dia 2, três técnicos viraram as cadeiras ao talento do cantor sorocabano: Ivete Sangalo, Carlinhos Brown e Michel Teló. "Valente e corajoso", brincou Ivete, com o nome do cantor. "Se a gente arrisca um sonho, tem que ter coragem mesmo", completou Carlinhos Brown. Renan cantou "Fruto Especial", de Bruno e Marrone e escolheu Michel Teló para ser seu técnico, pela identificação com o universo sertanejo.

Acompanhado do amigo Felipe Dijos e dos pais, João Freitas e Melânia -- que deram até uma palinha a pedido de Teló, lá do meio da plateia mesmo --, Renan foi muito elogiado pelos técnicos e contou que ficou muito tenso no começo da apresentação. "O medo de ninguém virar é grande. Mas quando viram é um alívio maior ainda. O que eu senti naquele palco eu nunca tinha sentido antes na minha vida", destacou.

Criado em família de músicos, Renan subiu aos palcos pela primeira vez ainda criança, com seis anos, em um show dos pais, em Sorocaba Totalmente dedicado à música desde então, ele teve uma dupla sertaneja com o irmão, com quem gravou CDs e chegou a fazer turnê pela África. Na carreira solo, já fez shows nos Estados Unidos e na Europa e tem mais de 400 composições.

Ainda sem poder revelar a música nem saber com quem vai ser o duelo da próxima etapa do reality, Renan pede torcida dos amigos e do público de Sorocaba, para enfrentar mais esse desafio no programa. "Gostaria que as pessoas do outro lado da telinha sentissem o mesmo que eu, a felicidade e toda sensação que a música pode nos proporcionar", declarou. O programa vai ao ar pela Rede Globo de Televisão às terças e quintas-feiras.


"Rompa o Silêncio" é lançado na Biblioteca Municipal




Tatianes, Adrianas, Carlas, Marílias, Biancas. Na semana em que se completa 12 anos da Lei Maria da Penha, sancionada em 7 de agosto de 2006, os números de agressões contra mulheres e os feminicídios aumentaram muito, inclusive nos noticiários. Atualmente, segundo documento divulgado pela ONU em junho desse ano na cidade de Bruxelas, uma em cada três mulheres é ou será vítima de violência de gênero no mundo. Quase metade das mulheres assassinadas são mortas por um parceiro ou ex-parceiro.

No Brasil, a taxa de feminicídios é a quinta maior no mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo o Mapa da Violência 2018, em 2016, 4.645 mulheres foram assassinadas no País, o que representa uma taxa de 4,5 homicídios para cada 100 mil brasileiras. Em dez anos, observa-se um aumento de 6,4%. No entanto, ainda de acordo com o documento, a mulher que se torna uma vítima fatal muitas vezes já foi vítima de uma série de outras violências de gênero, entre elas, a violência psicológica, patrimonial, física ou sexual. Ou seja, muitas mortes poderiam ser evitadas, impedindo o desfecho fatal, caso as mulheres tivessem tido opções concretas e apoio para conseguir sair de um ciclo de violência.

É por esse motivo que a jornalista Christine Xavier, vítima de violência de gênero, lançou, na tarde da última segunda-feira, dia 6, o blog "Rompa o Silêncio" (https://rompaosilencio .wordpress.com/), no auditório da Biblioteca Municipal "Jorge Guilherme Senger". A plataforma é um novo meio de auxiliar as mulheres vítimas de violência doméstica."O silêncio é nosso quando não apoiamos as mulheres que são vítimas. Dessa forma, estamos sendo coniventes com a violência", disse.

Realizado com o apoio da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), o evento foi marcado por muita emoção, por meio dos relatos da jornalista sobre o seu antigo relacionamento abusivo. "O mais importante nesse projeto foi perceber que não estou sozinha. Comecei a fazer essa rede de apoio e enfrentamento para mostrar isso às mulheres que sofrem com a violência de gênero: você não está sozinha", reiterou.

O blog traz depoimentos de vítimas, entrevistas com profissionais, textos que falam de beleza e autoestima, entre outros assuntos sobre o tema. De acordo com Christine, toda mulher pode contribuir com o blog mandando um e-mail para blogrompa osilencio@gmail.com.


Debate "Tendências do Mercado Cervejeiro"




Amanhã, dia 9, acontece o debate "Tendências do Mercado Cervejeiro", às 19h, no Sorocaba Park Hotel. Realizado pela Escola Superior de Cerveja e Malte em parceria com a Associação Cerveja Livre, que reúne as principais cervejarias artesanais do interior de São Paulo, o evento também irá ajudar a Associação Natal Sem Fome através do ingresso solidário.

O debate, voltado para gestão de cervejarias, abordará principalmente questões como novos estilos de cerveja em destaque, produção, mercado, aspectos legais e fiscais de cervejarias e modelos de negócios. Entre os participantes do debate estão Amanda Bazzo (Cervejaria Burgman), Beto Tempel (Cevejaria Trilha), Tiago Cavalcante (Cervejaria Hoffen), Alexandre Bazzo (Cervejaria Bamberg), Eduardo Sampaio (Cervejaria Synergy) e Carlos Bessiani (Escola Superior de Cerveja e Malte). O encontro será moderado por Rodrigo Sawamuram, da Escola Superior de Cerveja e Malte.

O Sorocaba Park Hotel fica na avenida Professor Joaquim Silva, 205, no Alto da Boa Vista. Para realizar a inscrição deve ser feito o preenchimento de cadastro online antecipadamente e, no dia do evento, levar dois litros de leite que serão doados a uma instituição. As inscrições podem ser realizadas no link https://bit.ly/2vr1nhF.


Parabéns




A segunda-feira, dia 6, foi especial para Giovana Peres Vilela, que recebeu os parabéns dos amigos e de toda família, principalmente dos pais Robson e Ana Teresa, dos irmãos Mariana, Juliana, Adriana e Robson Junior, e da filha Clara.

*

Ontem, dia 7, foi dia de festa para Daniela Franzini Dias, que recebeu as felicitações dos amigos e da família, principalmente do marido Márcio Dias, presidente da OAB-Sorocaba, e dos filhos.

*

Quem comemora hoje, dia 8, é o músico e empresário Paulo Xuxa, que recebe o carinho dos amigos, familiares e toda equipe das bandas SilverRocks, Violet, Musixx e da Musix Academia de Música.

*

Hoje, dia 8, também é aniversário da presidente do Fundo Social de Solidariedade de Sorocaba (FSS) e primeira-dama, Lilian Crespo, que recebeu as felicitações de toda sua equipe na Prefeitura, familiares, amigos, filhos e do prefeito José Caldini Crespo.

*

Amanhã, dia 9, é dia de cantar parabéns para o jornalista Felipe Shikama, colega e repórter do Mais Cruzeiro, que recebe os abraços da família, amigos e toda redação do jornal Cruzeiro do Sul.

*

Na segunda, dia 13, quem recebe os abraços pelo aniversário é a querida Daniela Volpe, que tem muitos motivos para comemorar ao lado da família, dos amigos próximos e das afilhadas Liz e Vitória. Felicidades!


"A fera na selva" em Sorocaba




O filme "A fera na selva", dirigido e protagonizado pelos sorocabanos Paulo Betti e Eliane Giardini, foi exibido pela primeira em Sorocaba no último dia 31, terça-feira, no teatro do Sesc. O filme encerrou a programação de julho do projeto Cinecafé, que dedicou o mês à produção nacional contemporânea, com a presença de diretores ou profissionais envolvidos na produção.

Inteiramente rodado na região, o filme teve como locações endereços históricos como a Real Fábrica de Ferro São João do Ipanema, a Igreja Matriz, o prédio do Correio da rua São Bento, a Estação Ferroviária e o antigo Teatro São Rafael, atual Fundec. A sessão especial contou com a presença, na plateia, de muitos atores e artistas sorocabanos que participaram do longa, e também com o ator e diretor Paulo Betti, que realizou um bate-papo com o público. A exibição e presença massiva do público, que esgotou os ingressos, para ele, foi um termômetro sobre a aceitação do filme. "Eu tinha uma ansiedade em relação a esse trabalho aqui em Sorocaba, que é especial. Eu acho que aqui é o lugar do filme. Se as pessoas não gostarem do filme em Sorocaba, não vão gostar em lugar nenhum", disse.

Baseado livremente na obra homônima do escritor norte-americano Henry James, publicada no início do século 20, "A fera na selva" narra a história de um homem que vive na esperança de presenciar algum acontecimento extraordinário, sem enxergar as pequenas maravilhas de cada dia no seu cotidiano. Além de Betti e Giardini, também assina a direção do longa o cineasta Lauro Escorel.

De acordo com Betti, o propósito é fazer do filme um projeto educativo, com intenção de realizar um curso de adaptação literária para o audiovisual. Assim como os figurantes que participaram leram o livro e o roteiro, a intenção é criar um fenômeno de leitura. "Se as pessoas lerem Henry James já vai ser um fenômeno. O livro é um clássico curto, de 50 páginas, que sofreu uma adaptação para Sorocaba, feita por sorocabanos", ressaltou.

Betti disse que voltará a Sorocaba para o lançamento do livro e mais sessões de cinema com bate-papo. Segundo ele, o filme já firmou parceria para entrar em circuito comercial no Brasil pela distribuidora 02 Filmes, mas a data ainda não foi definida. Enquanto isso não acontece, a produção do filme divulgou recentemente, no canal oficial do filme no Youtube, o material extra que não entrou no corte final do longa. As cenas extras estão disponíveis em https://youtu.be/AWe3COrAOFI. Outras informações sobre o filme estão no site www.aferanaselva.com.br.