PRESENÇA

'Ouvidos calados'


Sensibilizar o público sobre a importância de dar voz aos sentimentos e conscientizar para o conhecimento dos sintomas que podem levar ao suicídio. Essa é a proposta do projeto "Ouvidos calados", lançado no último dia 5, segunda-feira. Com a exibição do documentário "Ouvidos calados" e do curta-metragem de ficção "Revés de um parto", a sessão lotou o cinema do Sorocaba Shopping. A iniciativa foi patrocinada pela Lei de Incentivo à Cultura de Sorocaba (Linc) e tem apoio da Secretaria de Cultura e Turismo de Sorocaba (Secultur).

Conforme explicou Mauro Baptistella, diretor do documentário, as duas obras que compõem o projeto se comunicam e se complementam, apesar de usarem linguagens diferentes. Além de Baptistella no roteiro e direção, o documentário conta com direção de fotografia de Chores Rodrigues e produção de Janaina Caldeira.

Já o curta-metragem de ficção "Revés de um parto", que tem roteiro, direção e direção de fotografia assinados por Ricardo Camargo e produção de Bruno Bulga, narra a história de luto de uma mãe que acabou de perder o filho, vítima de suicídio.

No elenco, estão a atriz Merlin Kern e os atores André Polez e Miguel Machado. "O mais difícil que temos de enfrentar, além do silêncio, é o tabu sobre o assunto. A cada suicídio, 60 pessoas são impactadas diretamente pelo resto da vida. É preciso falar e escutar o outro. Cada dor é dor, por mais diferente que seja. Precisamos parar, ouvir a alma do outro, escutar e acolher", defendeu Jo Santos, voluntária do Centro de Valorização à Vida (CVV), que também participou do projeto.

"Ouvidos calados" ainda tem nomes como o da cantora e compositora Paula Cavalciuk, responsável pela música original; dos músicos Ítalo Ribeiro Bernardo, João Leopoldo e Válter Silva, responsáveis pela trilha sonora dos filmes; da preparadora de elenco, Tatiana Vilela Zalla; do montador Vitor Lopes; dos assistentes de produção Giulia Baptistella Pissini, Bruno Momezzo, Alejandro Novas e Thiago Ogat; do cinegrafista Fernando Almeida; do técnico em elétrica Fábio Orejana; da figurinista Patrícia Passos e da maquiadora Karla Chaves. A produção é da RTV Digital Films sob a coordenação do produtor executivo Lucas Zalla.